O maravilhoso mundo da carpintaria Japonesa

O modelo visto impressiona pelas ferramentas usadas, pela divisão do trabalho, pela busca da qualidade e e pela relação dos construtores com a obra.



Mês passado eu fui vítima dos algoritmos do YouTube e caí em um vídeo com um título em japonês que me chamou o interesse simplesmente pela imagem de capa. Não procurava nada específico, estava assistindo vídeos de técnicas de encaixe em marcenaria e quando dei por mim entrei em um mundo que sequer sabia da existência e fiquei maravilhado.


A primeira questão que chamou a atenção foi a atenção com o trabalho e a divisão de tarefas. Ir escolher a madeira a ser usada na construção e atentar aos modo como seus veios estão delineados, ao tamanho da peça, ao tipo de corte que se deseja é algo impensável nas construções modernas e ocidentais. Esse tipo de trabalho é "terceirizado" e deixado para as próprias serrarias e madeireiras. Nesse ponto já podemos ver o envolvimento que os construtores e os responsáveis pela obra têm com seu empreendimento.


Em seguida nos é mostrado uma série de entrevistas com diferentes trabalhadores explicando sua função. O primeiro é responsável pela marcação dos encaixes e já deixa um aviso de como será feita a construção. O segundo é um afiador de ferramentas, e chama a atenção os tipos de formão e ferramentas que ele tem de lidar. Quem trabalha com marcenaria sabe que o tamanho dessas ferramentas mostradas no vídeo não é nada usual.


Trabalho com formão - imagem retirada do vídeo

E aí entra outro ponto que vale o destaque: as ferramentas usadas. A casa é quase toda feita em encaixes com ferramentas manuais não elétricas, pelo menos a parte de estrutura de madeira, usando para confeccionar esses encaixes ferramentas de tamanho muito fora do padrão no Brasil e acredito no mundo. Os formões usados nos encaixes são gigantes, as macetas de madeira usadas para bater as peças são grotescas, tudo tem uma proporção acima do normal. E por tudo isso a obra toda tem muito menos barulho do que uma obra convencional com máquinas elétricas.


Voltando para a construção em si, a parte da montagem, após todos encaixes serem feitos previamente, é uma sinfonia muito bem afinada. A forma como o construtores trabalham coletivamente, se comunicam, montam as estruturas e algo fenomenal, que fecha com chave de ouro a cada fim de ciclo, onde eles se juntam aos proprietários para um jantar em conjunto dentro da obra, mostrando um sinal de respeito entre as partes e a criação, uma celebração do trabalho e do cronograma.


Após esse vídeo minha primeira reação foi a vontade de executar obras com esse tipo de estrutura no Brasil. Necessitaria de muito treinamento, pessoas especializadas, fornecedores de matéria prima de ótima qualidade e muitas outras coisas que podemos sentir falta, mas fica a visão. Já vi muita coisa sobre marcenaria japonesa, mas esse vídeo me mostrou um novo mundo, algo que eu sequer imaginava e espero que possa intrigar também a sua imaginação.

43 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo